Como é morar nos EUA? Veja as vantagens e tudo que precisa para morar no país

Não é segredo que muitos brasileiros têm o sonho de morar nos EUA. Independente da região dos Estados Unidos, seja a Flórida, ou Nova York, ser residente de um dos melhores países do mundo é algo que diversas pessoas almejam.

Se morar nos EUA é o seu sonho, por quê não começar a colocá-lo em prática? O processo pode ser desafiador mas é um objetivo super possível de alcançar e que definitivamente atenderá a todas as suas expectativas. 

É claro que mudar para uma nova cidade sempre é uma experiência um pouco assustadora, mas é um passo que marcará sua vida para sempre. Se de cidade para cidade já é um contraste bastante grande, quem dirá mudar de país.

Mas, não se preocupe. Neste texto iremos dar todas as informações necessárias para que você possa fazer esta mudança de forma segura e com inteligência!

Confira abaixo as principais dicas que a Vitoria Realty tem para você que quer morar nos EUA e viver o sonho americano!

Quais são as vantagens de morar nos EUA? 

Quando pensamos em morar nos Estados Unidos, já temos quase que imediatamente as grandes vantagens em mente. 

Os benefícios de morar no país considerado a primeira economia do mundo são muitos e inquestionáveis.

Os Estados Unidos é reconhecido internacionalmente como um antro de oportunidades, um espaço de uma incrível qualidade de vida, com a presença de instituições de ensino reconhecidas e aclamadas mundialmente, como Harvard, Yale, MIT, e Princeton.

Se você não consegue identificar logo de cara os benefícios e as vantagens de morar nos Estados Unidos, não se preocupe. Nós aqui da Vitoria Realty separamos logo abaixo uma breve lista de como é ter a experiência incrível de morar nos Estados Unidos.

Segurança

Nos EUA você conta com uma segurança incomparável, quer seja para caminhar nas ruas ou mesmo acampar em locais remotos.

Infraestrutura de qualidade excepcional

No país há uma boa estrutura social, quer seja no que concerne aos hospitais, às estradas, escolas, e assim por diante.

É a primeira economia do mundo

O EUA está no centro do mundo, onde o capitalismo tem suas principais engrenagens instaladas. Isso garante acesso a diversos produtos, das mais diversas nacionalidades, a um valor mais justo.

Impostos mais atrativos

Algo que pode não ser muito conhecido mas que faz toda a diferença no dia a dia é que nos Estados Unidos há uma menor carga tributária que no Brasil.

Mobilidade urbana de qualidade

Para se deslocar nos principais estados do país há um transporte público bem conectado e útil.

Estabilidade econômica

Como mencionamos anteriormente, os Estados Unidos é a economia número um mundial, tendo uma maior garantia de retorno para investimentos feitos no país, por conta da estabilidade e crescimento econômico.

Cultura focada em superação

No berço do sonho americano há uma cultura mais voltada para o sucesso e para a superação de dificuldades, o que é determinante para pessoas que visam alcançar seus objetivos.

Os benefícios não param por aí, afinal de contas, não é possível colocar em palavras tudo o que se pode angariar com uma mudança aos EUA. Os novos contatos que se pode ter, as novas experiências que se pode viver. 

Quem você seria se morasse nos Estados Unidos? O que poderia fazer de diferente? Como poderia ser sua rotina?

Essas são perguntas que estão atreladas à imagem de morar nos Estados Unidos. Você que está lendo o presente artigo, certamente já se fez alguma dessas perguntas em sua vida, não?

Existem pontos negativos? Entenda as possíveis desvantagens de morar nos EUA

Assim como tudo na vida, sempre existe um lado positivo e um negativo. Após falarmos de todas as vantagens e benefícios de ser morar nos EUA, agora vamos abordar os pontos não tão favoráveis de mudar para o país que possui a melhor economia do mundo.

Fique atento que vamos esclarecer os principais pontos negativos e mostrar como são os Estados Unidos mais de perto.

Sistema de saúde

Ao contrário do Brasil que possui um sistema único de saúde (SUS) gratuito e que barateia os custos de medicamentos e procedimentos médicos, nos Estados Unidos há um sistema médico mais complicado, onde hospitais particulares são a regra.

Dessa forma, procurar assistência em relação a saúde é muito mais caro por lá, caso você não tenha um seguro de saúde, o que aqui conhecemos como convênio médico.

Vale ressaltar que o preço de medicações por lá também é bem mais alto. 

Menos benefícios trabalhistas

Não é segredo que a legislação dos Estados Unidos é muito diferente da do Brasil, e isso se traduz nos benefícios que os trabalhadores possuem. 

No principal país norte-americano, há menos férias e feriados, uma vez que algumas empresas americanas oferecem apenas duas semanas de férias ao ano.

Gastronomia diferente

A culinária brasileira é muito rica e característica e nos EUA há uma maior distância dos pratos típicos que temos no dia a dia por aqui.

Dica: Confira nosso conteúdo sobre comidas dos Estados Unidos para saber quais são os pratos principais dos norte-americanos.

Gostou de descobrir alguns dos pontos mais desafiadores de morar nos EUA? Todos estes pontos devem sim ser levados em consideração antes de tomar a decisão final de arrumar as malas e partir para os EUA sem data para voltar.

O que é preciso para morar nos EUA? 

Conforme mencionamos no tópico anterior, morar nos Estados Unidos está associado a uma série de benefícios únicos. Mas, para usufruir de todas esses benefícios e vantagens, é necessário que se passe por um processo, que garante o acesso ao país de maneira legal.

Mas, fica a dúvida: como morar nos EUA legalmente? Vamos te contar!

Se você quer morar em Miami, morar em Orlando ou em qualquer região do país, uma série de passos devem ser dados. 

Em primeiro lugar é necessário compreender que obter um visto para os Estados Unidos é um passo imprescindível. O visto é um dos requisitos mais indispensáveis e dispendiosos dos processos da listagem. 

Para garantir residência permanente em solo estadunidense é necessário obter um documento chamado Green Card. Não sabe quais são os tipos de visto disponíveis e como obtê-los? Fique tranquilo! Vamos explicar mais para frente neste texto.

Além do green card EUA, é necessário também ajustar outros pormenores, como a busca por um lar.

Confira o que você precisa fazer para morar nos EUA legalmente:

Organize-se financeiramente

O processo para migrar para os Estados Unidos pode ser longo e, por consequência, muito custoso. Por isso, planejar suas finanças e organizá-las faz toda a diferença durante o processo inteiro.

Procure uma fonte de renda nos EUA

Se você pretende trabalhar no país, é necessário que se movimente para conseguir um emprego antes mesmo de chegar lá. 

Caso não pretenda trabalhar, quanto tempo você consegue se manter por lá sem nenhuma fonte de renda? Por quanto tempo deseja ficar por lá?

Todas essas perguntas devem ser consideradas na hora de planejar sua mudança de vida. 

Certifique-se da legalidade da situação

O segundo passo seria procurar a legalização da situação: Uma vez que tenha construído as bases iniciais, você poderá começar a investir no segundo passo, construindo sua relação com o poder administrativo, buscando vistos e possivelmente, dando entrada no processo do Green Card;

Garanta o seu visto ou Green Card

Como conclusão do processo, quer se tenha caminhado por uma ou por outra trilha, poderá alcançar-se o visto permanente, o famoso Green Card ou um visto temporário.

Se você não está familiarizado com os tipos de vistos disponíveis e as formas de conquistá-los, fique de olho pois vamos explicar tudo abaixo.

Visto para morar nos EUA: entenda como funciona a documentação

Se você deseja entrar nos Estados Unidos, precisará de um visto. O visto é uma permissão para que cidadãos de outra nacionalidade entrem legalmente dentro de um país estrangeiro.

Existem muitos tipos de visto e cada tipo é utilizado em uma situação específica, dependendo dos objetivos de sua viagem. 

Adentrar o país sem o visto é entrar nele ilegalmente, te deixando sujeito a deportação, caso seja descoberto pelas autoridades.

Para você, que quer morar nos EUA, qual é o melhor tipo de visto? Vamos descobrir abaixo, onde explicamos todos os tipos de visto existentes e qual encaixa melhor para a sua nova jornada.

Observe com atenção!

Quais são os tipos de visto que existem para morar nos EUA?

Ao todo, existem 187 tipos de visto para se entrar nos Estados Unidos. 

Eles são divididos entre duas categorias: vistos para migrantes (que desejam se estabelecer no país e viver nele) e vistos para não migrantes (pessoas que procuram o país para visitar e turismo).

Contudo, neste texto não vamos abordar todos os 187 (ufa!!) e focar apenas nos principais tipos, os mais comuns.

Abaixo, vamos falar sobre os 14 tipos de visto mais utilizados por brasileiros nos Estados Unidos.

Tipos de visto americano: A-1 e A-2

O visto denominado como A-1 é concedido para pessoas com cargos políticos, como embaixadores, diplomatas, ministros, funcionários consulares e seus familiares imediatos.

Porém, este visto não se aplica caso os funcionários do governo estiverem viajando para fins não oficiais e pessoais.

Já o visto A-2 é dado para alguns oficiais específicos do governo, além de funcionários e familiares imediatos. No caso deste visto há um limite máximo de 5 anos e não é possível renová-lo.

Tipos de visto americano: B-1 e B-2

O visto B é um visto de não-imigrante emitido para cidadãos estrangeiros que desejam entrar nos EUA por um período temporário.

O B-1 é para quem busca entrar nos Estados Unidos para fins comerciais e o B-2 para quem visita o país para turismo e outros fins que não sejam comerciais.

Tipos de visto americano: C-1

Este visto é concedido para quem precisa viajar pelos Estados Unidos a caminho de outro país. Para simplificar, ganha este visto apenas quem está nos EUA para fins de trânsito imediato.

Tipos de visto americano: C-1 D

O visto C-1 D é para todo tripulante que chega ao país, isto é, para pilotos, comissários de bordo, entre outros. São para pessoas que têm função indispensável no movimento da embarcação.

Tipos de visto americano: F-1 e F-2

Estes dois vistos são emitidos para estudantes de outro país que estão matriculados em instituições americanas credenciadas.

O F-1 é para estudantes (em sua maioria de ensino superior) e o F-2 para cônjuges e filhos de titulares do visto F-1.

Tipos de visto americano: H

Os vistos de tipo H são para trabalhadores temporários que vão ao país executar funções. Ele é dividido em mais 4 subcategorias de acordo com a natureza do serviço prestado.

Tipos de visto americano: I-1

O visto I-1 é exclusivo para membros da imprensa e da mídia, que viajam para trabalhar de maneira temporária nos EUA.

Tipos de visto americano: J-1

Este visto é concedido para pessoas que vão aos Estados Unidos em projetos de intercâmbio com objetivo de trabalho e estudo, au pairs por exemplo.

Tipos de visto americano: K-1

São para pessoas que estão noivas de americanos. Eles devem se casar até no máximo 90 dias após a entrada no país.

Tipos de visto americano: M-1

O visto M-1 é para estudantes de escolas profissionais e/ou técnicas. Estes alunos não podem executar nenhum tipo de trabalho tanto dentro quanto fora do campus.

Tipos de visto americano: P

Os vistos P são disponibilizados para indivíduos ou atletas de equipes esportivas ou membros de grupos de entretenimento.

Tipos de visto americano: Q

O visto Q é emitido para participantes de programas de intercâmbio cultural internacional.

Tipos de visto americano: R

O visto denominado como R-1 é concedido para trabalhadores religiosos temporários e que são membros de alguma organização religiosa sem fins lucrativos. O R-2 é para membros dependentes da família.

O que é o green card e como obtê-lo

O green card é uma espécie de visto de permanência nos Estados Unidos. Quem o possui, pode viver no país sem restrições.

Você pode obter um green card através de 4 formas distintas:

  1. Parentesco: se você é parente de algum cidadão americano;
  2. Investimento: ao investir na abertura de negócios de USD 500.000, em regiões com maior índice de desemprego, ou de USD 1.000.000, em regiões metropolitanas, criando no mínimo 10 empregos para norte-americanos ou residentes legais.
  3. Casamento: se você se casar com um cidadão americano;
  4. Trabalho: você pode pedir um green card após trabalhar alguns anos em uma empresa americana.

E o dinheiro? Quanto preciso para morar nos EUA?

Sabemos que o dólar é uma moeda que está cada vez mais valorizada, então a preocupação em relação aos gastos da mudança é justificada. 

No entanto, tudo depende do que você planeja alcançar por lá. O custo de vida varia muito de estado para estado, assim como os impostos. Regiões com centros urbanos mais bem desenvolvidos são, naturalmente, mais caras.

Outro ponto é o tipo de residência que você planeja adquirir e o seu tamanho. Imóveis maiores e em regiões mais ricas serão muito mais caros. 

Se quiser saber mais sobre o valor das casas, confira nosso conteúdo completo sobre quanto custa uma casa nos EUA.

O planejamento é a parte mais essencial de todo o processo da mudança, para entender o que se procura e como minimizar as despesas.

Sou brasileiro e quero morar nos EUA: qual o melhor lugar para mim?

O melhor lugar para brasileiros morarem nos Estados Unidos é algo bastante relativo. A melhor região para você dependerá de seus objetivos e do que você planeja para a sua vida.

Você prefere lugares mais calmos? Um clima específico? Tudo isso deve ser levado em consideração durante a escolha.

É importante lembrar que a legislação de lá não é como a brasileira, onde a esfera federal controla tudo. O governo varia muito de estado para estado nos EUA.

Mas, podemos falar que as cidades da Flórida são os principais destinos para pessoas que procuram se mudar para os Estados Unidos vindos do Brasil. 

Isso se dá tanto pelo clima, que se assemelha ao nosso, tanto quanto nos impostos mais baixos, e em uma menor barreira linguística, já que a região recebe muitos turistas brasileiros todos os anos.

Ainda está inseguro sobre morar nos EUA? Faça um teste!

Durante todo este texto, conferimos que existem diversos pontos e passos que antecedem a viagem para os Estados Unidos. 

Um desses grandes passos é justamente decidir onde morar e comprar sua residência neste local. Para muitos, esta etapa é um dos grandes passos para fazer toda a transição e é o caminho principal que existe no processo de mudança para os Estados Unidos.

As casas nos Estados Unidos podem ser bastante diferentes das que existem no Brasil, principalmente dependendo da região em que se procura um imóvel. Quer experimentar morar nos EUA e ver de pertinho como são as casas dos Estados Unidos

Se sim, temos uma boa notícia para você: Não precisa fazer a compra do imóvel ainda! 

Venha e se hospede antes em uma casa toda equipada, mobiliada e até mesmo com piscina. Não perca tempo e faça o seu test drive rumo ao sonho americano. Alugue uma casa em Orlando e entenda melhor da vida por lá.

Esse “estágio” é capaz de lhe dar um gostinho de como é viver nos Estados Unidos, pois o aluguel de casa de temporada é o famoso test drive para quem flerta com a ideia de investir na cidade mágica de Orlando! 

Nesse “Test drive”, é possível também dar uma olhadinha nos aspectos mais desafiadores desta mudança que comentamos mais acima, e entender melhor se eles lhe incomodam muito ou não.

O aluguel de uma casa de férias por 20 dias já ajuda no juízo de valor de como é viver em Orlando. Nesse quase um mês, é possível criar uma rotina, entender como funciona o sistema de transporte público e muito mais.

Morar nos EUA: dê os primeiros passos com segurança e convicção!

Ainda que a animação e a ansiedade de morar nos EUA possam te deixar inebriado com as possibilidades, lembre sempre de fazer um bom planejamento nesse momento de grande relevância em sua vida. 

Nosso time da Vitoria Realty pode te auxiliar na escolha do imóvel ideal para você. Entre em contato!

Não deixe de conferir também os outros conteúdos disponíveis em nosso blog. São dicas valiosas para quem procura mudar para os Estados Unidos ou investir em imóveis no país. 

Dica: confira nosso conteúdo sobre o que é hipoteca nos EUA e fique ainda mais por dentro sobre a compra de casas no país norte-americano.